junho/17
26

Diário de Viagem – by Glória de Sousa

Publicado por

Start spreading the news: I’m leaving today. 15 de Junho. Já pegou todos os documentos? OK. A mala está pesada demais? OK. Tá ansiosa? Muito. Após dias de estresse e preparação, o Aeroporto Internacional do Galeão foi preenchido pelos sonhos e aspirações das jovens bolsistas. O traje? Tênis e camiseta do Programa. O convite? Passaporte e passagem aérea em mãos. Nervosismo entra como bagagem de mão?

These vagabond shoes are longing to stray right through the very heart of it. Se a partida foi marcada por abraços apertados e certa insegurança, a chegada foi de festa e alegria. Recebidas com carinho imenso pelo staff da The New School, logo nos sentimos acolhidas. E, uma vez estabelecidas nos respectivos quartos, foi tempo de sair e explorar. Das sete da manhã às sete da noite, nos deixamos perder e integrar a massa humana que circulava pelo Greenwich Village, bairro onde se localiza nosso alojamento. Incursões à 5th Avenue e à praça mais próxima, a Union Square, foram recorrentes nesse primeiro dia. Em parte, porque não sabíamos nos situar. Em parte, porque estes eram locais perfeitos para acompanhar o cotidiano da cidade. Em poucas horas, já nos intitulamos autênticas “new yorkers”.

I wanna wake up in that city that doesn’t sleep. A vida nos dormitórios é bem tranquila, mas requer muita maturidade. Organizar o quarto e o banheiro compartilhado, além de comprar a própria comida e lavar a própria roupa ainda é um mistério que estamos tentando desvendar.

These little town blues are melting away
. Nova York é vibrante e ativa, mas pouco parecida com a realidade das cidades brasileiras. Apesar de carioca, senti o impacto de viver em uma cidade tão grande. Mais do que arranha-céus e ruas largas, um fator de estranhamento para mim foi o perfil dos residentes. Em geral, as pessoas aqui são objetivas, polidas e um tanto impacientes.

If I can make it there I’ll make it anywhere. As aulas na The New School são rigorosas, porém divertidas. A atmosfera em sala é de cumplicidade e o conteúdo das aulas é totalmente voltado a cidade, com temas relacionados a NYC, e construções usadas pelos falantes locais. A exigência acadêmica e o alto nível dos materiais se aproxima muito do que é cobrado nas universidades norte-americanas, e assim, estamos sendo preparadas para nos sobressair nesse cenário. It’s up to you New York, New York, New York.