julho/18
17

“Beyond the Gates”: muito mais que uma tarde fora de Barnard – By Julia Shimizu

Publicado por

Toda quarta-feira no Pre College Program de Barnard, ao invés de ter aula você tem, no período da manhã, o College Prep, curso preparatório para o processo de application, e, no período da tarde, o “Beyond the Gates”, um programa de vivência com palestras, workshops e tours em Nova Iorque.

Na minha primeira semana eu fui para a “NBC Tour”. Lá, nós visitamos os estúdio dos programas “Saturday Night Live”,“Late Night with Seth Meyers” e “Tonight Show Starring Jimmy Fallon”. Foi incrível conhecer os estúdios pois sou uma grande fã dos três shows. No SNL eu descobri que a plateia visível no show é um grupo pré selecionado para que fãs não pulem no palco, visto que o show é ao vivo, e que a decoração do palco da apresentação musical é paga pelo artista/banda e que pode ser decorado da forma que eles queiram.

O lugar onde o Jimmy Fallon apresenta seu monólogo é o mesmo local do Jimmy Carson para homenageá-lo e as paredes têm pequenos furinhos para evitar eco e melhorar a acústica do programa. O estúdio 6B, onde é filmado o “Tonight Show”, é bem menor do que eu imaginava e do que aparenta na televisão, pois ângulos das câmeras são fundamentais para alterar a dimensão do espaço. A banda “The Roots” tem que fazer uma fila na ordem de como estão posicionados os instrumentos para todos caberem no pequeno palco e não saem de lá até o final da gravação. O esquete “Ew” foi criado com base em um comentário gravado por um microfone da plateia que Jimmy Fallon achou engraçado. E o tom das luzes utilizadas em todos os shows são baseadas no horário em que são transmitidos, sendo que amarelo e laranja são utilizados pela manhã e azul e roxo à noite.

Em uma outra quarta-feira eu fui assistir uma palestra com a Bethany Bongiorno, ex aluna de Barnard e, até 2016, executiva de engenharia de software na Apple, onde ela fez parte da equipe que lançou o iPad em 2010. Ela contou sobre sua experiência na faculdade, no mercado de trabalho e especialmente como é ser uma mulher na área de tecnologia. No final, eu fiz uma pergunta um pouco inusitada: Por que quando algo esta carregando no Mac aparece no lugar do cursor uma roda de arco-íris? Ela respondeu que era uma homenagem à empresa do Steve Jobs, a NeXT, que foi comprada pela Apple. “Steve decidiu colocar um pouquinho dela na Apple. E, além disso, o arco-íris deixa as pessoas menos estressadas quando estão esperando”, respondeu Bethany.

Por Julia Shimizu, bolsista do Ganhar o Mundo

#EuVouGanharOMundo #GanharOMundo #FundacaoCSN  #BarnardCollege