julho/17
24

Diário de Viagem – By Sara Maia

Publicado por

A cidade de Nova Iorque, localizada no estado de mesmo nome, tem como uma de suas principais características a dinamicidade. Sede de importantes centros financeiros, culturais, comerciais, tecnológicos e midiáticos ” entre outros ” e uma das mais importantes cidades globais, sendo considerada por muitos como a capital do mundo ocidental. Tamanha importância serve de atrativo para pessoas das mais diversas origens e culturas, resultando em uma pluralidade tão intensa que apenas dentro do perímetro da cidade são falados cerca de 800 idiomas, motivo que faz com que diversidade seja uma grande marca da cidade.

Nesse ambiente de fluxo intenso de conhecimentos e de costumes e de constantes interações, produções culturais encontram condições favoráveis de existência. Em Nova Iorque, expressões artísticas das mais espontâneas às mais elaboradas, assim como das mais populares às mais eruditas, coexistem, tecendo uma rede de significados humanos que envolve de forma harmônica quem por ela passa. Estações e vagões de metrô, calçadas e praças são constantemente transformados em palcos para artistas exibirem suas habilidades, que dão vida a cidade com o que estiver à mão, seja um violino, um acordeom ou um violão, seja a voz pura, alguns baldes ou o próprio corpo.

Ao mesmo tempo contrastando e completando tais manifestações, formas artísticas mais formais também se destacam na cidade. Artes visuais, peças teatrais, danças clássicas, óperas e orquestras são representadas por edifícios suntuosos, bastante ornamentados e frequentemente construídos por iniciativa privada, ou com contribuições dela. Um exemplo é o Teatro David H. Koch ““ nomeado em homenagem a David H. Koch, que em 2008 se comprometeu a fornecer US $ 100 milhões para a renovação do teatro -, que abriga a companhia de dança New York City Ballet durante temporada e que possui, dentre suas características visuais, o teto constituído por folha de ouro 18K.

Dessa forma, a cidade de Nova Iorque é capaz de abranger as mais variadas demandas de seus visitantes no quesito cultura. Com grande diversidade de gêneros e de estilos artísticos e, ainda, de preços e locais para usufruí-los, chega a ser difícil não absorver pelo menos um pouquinho de tudo que é oferecido: e um ambiente próximo do ideal para quem busca apreciar manifestações desse tipo, ou mesmo para quem espera delas participar. Para mim, que sou apaixonada por tudo isso, poder desfrutar dessa pluralidade presente na cidade foi uma experiência única, que sem dúvidas somou muito à minha identidade.