julho/17
07

Diário de viagem – By Carolina Losada

Publicado por

Quando paro para pensar nas três semanas em Nova Iorque, muita coisa me passa pela cabeça. Desde vir para os Estados Unidos pela primeira vez, sair de uma cidade relativamente pequena na qual vivi toda minha vida e passar dois meses em uma megacidade e até ter aulas de inglês com nativos, algo que eu nunca tinha vivido antes. Porém, acho que o que mais me marcou até agora foram os pequenos detalhes.

Todos os dias antes das aulas, vou a um café do lado da The New School chamado Le Café Coffee. Um lugar pequenininho, porém muito aconchegante e encantador. A primeira vez que fui lá, me deparei com uma diversidade de tipos de cafés, chás e sucos que nunca tinha visto na vida, até porque não tenho costume de tomar café da manhã fora de casa no Brasil. Pedi para o atendente me indicar alguma bebida. Sem hesitar, ele me indicou o Latte En Rose. Resolvi aceitar a indicação e pedi. Agora, todos os dias que vou ao café peço um Iced Latte En Rose.

Semana passada, quando cheguei no café, havia uma fila enorme. Esperei até a minha vez e quando fui falar o que gostaria pedir, o atendente logo perguntou “the usual?” (“O de sempre?”). E respondi “yes, please” muito surpresa. Parece bobeira, mas eu nunca tinha achado que teria um “de sempre” em Nova Iorque em apenas duas semanas. A partir desse momento, percebi o quanto já tinha me acostumado com essa megacidade e como ela já tinha virado parte de mim.

Como tinha citado anteriormente, esta é minha primeira vez nos Estados Unidos. Eu era muito insegura para a falar em inglês na frente das pessoas, principalmente daqueles que eu não conhecia direito. E em três semanas, falar inglês já se tornou algo natural para mim. Porém ser natural não significa que não é mais especial. Ainda fico feliz apenas em poder pedir um café em inglês, ou mesmo dizer “Thank you”.

Estar em Nova Iorque é como estar sonhando acordada. A oportunidade de estar morando em uma faculdade americana tão respeitada como a The New School por praticamente dois meses é a experiência mais incrível que eu poderia estar vivendo nesse momento.Ter sido selecionada pelo Programa Ganhar O Mundo me abriu portas que eu nunca esperava que fossem abrir. Me mostrou como o mundo é grande e que com a ajuda das pessoas certas, você pode conquistá-lo. Além disso, estar em um ambiente com mais 10 meninas é um presente que só a CSN poderia ter me dado. Nunca me senti tão empoderada como me sinto agora.

Essa foi uma pequena parte das minhas histórias vividas em Nova Iorque em três semanas. E tenho mais quatro pela frente e tenho absoluta certeza que acumularei mais centenas de lembranças maravilhosas nessas semanas que virão.