julho/17
27

Diário de Viagem – By Aline Araújo

Publicado por

Nesse período aqui em Nova Iorque, pude conhecer lugares icônicos que me acompanharam durante toda minha vida, em filmes e em livros. Como o Washington Square Arch, perto do qual o Dr. Robert Neville (Will Smith), em “Eu Sou a Lenda”, mora, e também de onde o casal Lyla (Keri Russel) e Louis (Jonathan Rhys Meyers) se conheceram, em “O Som do Coração”. Também vi o famoso Empire State, que na saga Percy Jackson e os Olimpianos, era a casa do Monte Olimpo na Terra (é possível chegar lá indo ao 600º andar). Não posso esquecer do lindo Chrysler Building, de onde o Agente J (Will Smith) salta pra voltar no tempo, em “Homens de Preto 3″, além de aparecer pertinho da Stark/Avengers Tower, em “Os Vingadores”. Tive a chance de conhecer, também, o Grand Central Station, onde os dançarinos de “Ela Dança Eu Danço 3″ se encontram e onde a Ashley (Lindsay Lohan) e o Jake (Chris Pine), depois de dividirem a sorte, decidem viver “felizes para sempre”, eba! Teve até a Waverly Place Street, onde se passava “Os Feiticeiros de Waverly Place”, e a Lafayette Street, em cuja estação de metrô uns vagões capotaram e causaram um grande estrago no filme “Presságio”, mostrando que a previsão do professor (de Astrofísica, do MIT <3) Jonathan (Nicolas Cage) estava correta.

Mas apesar de todos esses lugares incríveis que visitei, a primeira coisa que vem à minha mente quando penso sobre o que escrever no nosso blog do Ganhar o Mundo é o musical da Broadway, Groundhog Day (Dia da Marmota)! Simplesmente não paro de pensar no musical, principalmente por estar escutando as músicas da peça todo dia no meu Spotify.

Quando soube que íamos assistir a um show na famigerada Broadway, fiquei super animada. Fora isso, nunca tinha ouvido falar do Groundhog Day, e estava bem curiosa pra saber como ia ser. Pela primeira música;”There Will be Sun”, já percebi que iria gostar. O musical (Spoiler Alert) conta a história do homem do tempo, “Phil Connors, from the Good Weather” que vai fazer a cobertura do Dia da Marmota em Punxsutawney, “a little town, with a heart as big as any town, as any small town, in the USA”. (algo como, uma pequena cidade com o coração tão grande quanto qualquer cidade, como qualquer cidade pequena nos EUA).

O problema é que ele simplesmente odeia a cidade, por ser muito pequena, e também pelo fato de ter que transmitir o feriado do Dia da Marmota. E, como se fosse um castigo, ele acaba vivendo o mesmo dia, todo dia, como um loop.

Mas Phil tem uma colega de trabalho, Rita Hanson, que ele tenta conquistar todos os dias repetidos do Dia da Marmota, mas é um tanto difícil, como ele mesmo diz “these endless first dates with her hating me, it just doesn”™t seem likely, that I”™m gonna get her to like me” (esses primeiros encontros sem fim com ela me odiando, apenas não parece que eu vá conseguir fazer com que ela goste de mim). E aí está a solução para os problemas do homem do tempo: conquistar a garota. E isso não será fácil, já que Phil não faz bem o tipo de Rita. Além disso, ela é bastante difícil, como ela mesma brinca que “some day, they say, my prince will come riding up on the back of a horse, but of course, I”™m allergic to horses” (algum dia, eles dizem, meu príncipe chegará montado em um cavalo, mas claro, eu sou alérgica à cavalos). A parte legal é que, em suas tentativas de conquistar Rita, Phil acaba percebendo que o jeito mais adequado de se viver tantas vezes o mesmo dia é tornando a vida dos moradores de Punxsutawney melhor.

Enfim, eu amei o musical e ele me faz querer voltar no tempo e, bem, se eu tivesse esse tempo de volta, eu assistiria Groundhog Day novamente. Fica a dica para um bom musical quando estiverem em Nova Iorque.